ACERVO

21/03/2012 18:26

Um novo olhar

Publicado em 21/3/2012, às 06h20  
 
 
 
Última atualização em 21/3/2012, às 06h20

 

Divulgação
Para compor a mostra foram selecionadas 24 das obras finalistas e premiadas no ano passado
 
Salão do Humor: Para compor a mostra foram selecionadas 24 das obras finalistas e premiadas no ano passado

 

Clarissa Coli

O que renderia umas boas risadas? No acervo do Salão do Humor de Volta Redonda não faltam respostas. E elas têm a forma de caricaturas, cartuns, quadrinhos, charges. Um pouco dessa história de risadas está contada na primeira exposição do ano da Galeria de Artes de Volta Redonda, no Centro Cultural Fundação CSN. A mostra pode ser vista até 14 de abril e marca a estreia do Salão do Humor na galeria, que passará a abrigá-lo anualmente.

Para compor essa "recepção", foram selecionadas 24 das obras finalistas e premiadas no Salão do Humor 2011. E o público também poderá ver as homenagens ao arquiteto Oscar Niemeyer, na categoria especial da última edição.

- Fizemos uma seleção menor do que a normalmente exibida para que o público possa apreciar melhor os premiados, ou seja, fazer uma visita com mais qualidade - justifica Ayrton Júnior, coordenador de Artes Visuais da Fundação CSN.

Para que a visita se torne uma experiência incrível, foram preparadas algumas ações especiais. Com a participação do Setor Educativo da galeria, um desenho sobre Niemeyer assinado pelo professor de desenho Rafael Alves de Moura foi reproduzido em tamanho gigante. Da folha tamanho A4, a obra passou a ocupar 16 placas de papel Paraná, resultado do trabalho dos alunos das Oficinas de Artes Visuais - Desenho. Todo o processo de composição pode ser acompanhado por meio de um vídeo, exibido junto aos trabalhos em exposição.

- O vídeo está sendo exibido constantemente no espaço principal, junto aos trabalhos selecionados. Ele mostra toda a produção dos desenhos dos alunos e resume bem essa proposta de um novo olhar sobre o Salão do Humor - acrescenta Ayrton.

O objetivo da exposição, além de homenagear os 24 anos do Salão do Humor, é sugerir, como afirma o curador, uma nova maneira de ver a arte. Os alunos de desenho leram e fizeram suas próprias interferências em cópias de desenhos. Assim, reconstruíram o original por meio de elementos de linguagem visual, frutos de suas próprias impressões. Esses trabalhos compõem uma mostra complementar, pelos corredores do Centro Cultural, numa série numerada que mostra o traço de cada aluno sobre o desenho do orientador.

- São cerca de 25 desenhos que também podem ser vistos durante a visita. A diferença dessa mostra para a exposição usual do Salão do Humor está justamente na curadoria. Aqui, não só exibimos os trabalhos dos artistas como damos aos grupos de alunos a oportunidade de fazer seus próprios desenhos, sob a orientação dos professores - explica.



Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/0,54483,Um-novo-olhar.html#ixzz1pmyoKsOE