VOLTA REDONDA Neto lança novo concurso da Educação

28/03/2012 08:58

Volta Redonda

O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) anunciou hoje o novo concurso para Educação em Volta Redonda, visando preenchimento de 232 vagas de Docente II e 21 para Secretária Escolar. As inscrições podem ser feitas de hoje até o dia 13 de abril. A taxa de inscrição é de R$ 35,00, para os dois cargos. Os candidatos que se inscreveram para o concurso anterior para Docente II, que foi anulado por decisão judicial, estão automaticamente inscritos. Os que não quiserem participar devem entregar um formulário de desistência para receber de volta o dinheiro da inscrição. O edital está nas páginas 13 e 14 da edição impressa do DIÁRIO DO VALE, que também pode ser acessado na edição "flip" do jornal. Para ver essa edição, clique na miniatura da versão impressa do jornal, no lado direito da página inicial do site.


O vencimento-base para os dois cargos é de R$ 684,20, mas com os acréscimos de regência de turma (R$ 205,26), nível superior - se houver - (R$ 51,35), gratificação social (R$ 200), gratificação do Fundeb (R$ 220) e cesta básica (R$ 120), o Docente II aprovado no concurso começará a trabalhar com um vencimento de R$ 1.480,81 para 25 horas/aula semanais e a Secretária Escolar terá um vencimento de R$ 1.055,55, para uma jornada de 195 horas mensais.

O prefeito afirmou que a decisão de convocar novo concurso tem como objetivo garantir que os profissionais da educação tenham oportunidades iguais de acesso ao serviços público:

- Não existe critério mais justo para ingressar no serviço público do que o concurso. É a forma mais democrática. Então, todos somos a favor, numa parceria de acatar a decisão judicial - disse.

Neto também disse que está confiante em que os problemas ocorridos na versão anterior do concurso não se repetirão:

- A Fevre tem sido exemplar na realização dos testes, e neste, vai corrigir os erros cometidos no anterior. O erro anterior foi bastante pontual e isso não configurou falta de lisura. Todos concordam nesse ponto. Seguimos o aconselhamento da Justiça - declarou.

Atualmente, os professores que tiveram as melhores colocações no concurso anterior estão lecionando com base em contratos temporários. Esta foi a forma que a prefeitura encontrou para não prejudicar os alunos enquanto preparava o concurso que está sendo lançado amanhã.

Neto também afirmou que a prefeitura tem como prioridade a melhoria nas condições de trabalho dos professores e, principalmente, a oferta de uma educação de melhor qualidade aos alunos da rede municipal de ensino e da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda). O concurso, segundo ele, faz parte dessa política:

- O concurso faz parte do projeto de uma educação cada vez melhor - concluiu.